Capoeira Lyric Compendium

Bate Batuque Bate

Olha ai meia lua por cima do corpo
Navalha no rosto
A calça engomada não toca no chão
A capoeira
Bate, batuque, bate
A meia lua
Bate, batuque, bate
Rasteira
Bate, batuque, bate
Ponteira
Bate, batuque, bate
Mandinga
Bate, batuque, bate
Berimbau
Capoeira mandinga faca de cumes
Não erra não
Olha o negro ligeiro
Derruba rasteira
Confirma a razão
Refrão
Berimbau ta tocando
A roda formando
O bom capoeira não falta não
Quer banguela
O jogo é bonito
Olha a roda da Capoeira...
Refrão


Bate No Batuque

O bate, bate no batuque
O bate, bate no batuque
O bate, eu quero ver
Quero ver, quero ver, quero ver
Quero ver bate
Quero ver, quero ver, quero ver
Quero ver bate


Dona Maria Como Vai Você

E vai você, vai você?
Dona Maria, como vai você?
E pega na vassoura como vai você.
Dona Maria, como vai você?
E mais joga bonito que eu quero aprender.
Dona Maria, como vai você?
E vai você, e vai você.
Dona Maria, como vai você?
O joga bonito que eu quero aprender.
Dona Maria, como vai você?
Como vai você, como vai você.
Dona Maria, como vai você?
Como tá você, eu quero saber
Dona Maria, como vai você?
Como tá como passou, como vai você
Dona Maria, como vai você?


Eu Pisei na Folha Seca

Eu pisei na folha seca
E vi fazer chue-chua
Chue, chue, chue, chua
Eu vi fazer chue-chua
Joga o nego para cima deixa o nego vadiar
Eu vi fazer chue-chua
O guerreiro senzalero, essa cobra vai fumar
Eu vi fazer chue-chua
Mais quem nao pode com mandinga nao carrega patua
Eu vi fazer chue-chua


Ia Ia Io Io
Autor: Edison Show

Menino com quem tu aprendeu
Menino com quem tu aprendeu
Aprendeu a jogar Capoeira aprendeu
Quem te ensinou ja morreu
Quem te ensinou ja morreu
0 seu nome esta a gravadou
Na terra onde ele nasceu
Salve o Mestre Bimba
Salve a ilha de Mare
Salve o Mestre que me ensinou
A mandinga de bate com o pé
laiàioió
laiàioió
laiàioió
Mandingueiro cheio de malevolencia
Era meu mestre ligeiro
Jogava conforme a cadencia
Do toque do berimbau
Salve o Mestre Bimba
Criador da Regional
Salve o Mestre Bimba
Criador da Regional
laiàioió
laiàioió
laiàioió
Aprendeu Meia-lua aprendeu
Martelo e Rabo de Arraia
Jogava no pe da ladeira
Muitas vezes na beira da praia
Salve São Salvador Salve a
Ilha de Mare
Salve o Mestre que me ensinnou
a mandinga
De bater com o pe
aiàioió
laiàioió
laiàioió


Sai Sai Catarina

Sai sai sai Catarina
Saia do mato venha ver Idalina
Sai sai Catarina
E Catarina venha ver
Sai, sai Catarina
Catarina meu amor
Sai, sai Catarina
Saia do mato venha ver, venha ver
Sai, sai Catarina
È, Catarina minha nega
Sai, sai Catarina
Mas, oh que saudade danada
Sai, sai Catarina
Dou um nó e escondo a ponta
Sai, sai Catarina
Prá outro nao desatar
Sai, sai Catarina



Adão, Adão

Chorus: Adão, Adão
Oi cade salome
Chorus: Adão
Oi Cade Salome
Chorus: Adão
Foi P'ra Ilha De Mare
Chorus: Adão, Adão

English Translation:
Adam, Adam
Oh where is Salome?
Adam
Oh Where is Salome?
Adam
She went to the Isle of Mare


Bahia Manda Seu Axe

Chorus: Bahia manda seu axe p'ra mim, Bahia manda seu axe p'ra mim
Bahia e terra de Bimba, Aberre, e Waldemar, Bahia manda seu axe p'ra mim
Chorus
Bahia me manda cacao, dende e acaraje, Bahia manda seu axe p'ra mim
Chorus
Bahia me manda alegria, bahia me manda amor, Bahia manda seu axe p'ra mim

English Translation:
Bahia send me your axe, Bahia send me your axe
Bahia is the land of Bimba, Aberre and Waldemar, Bahia send me your axe
(chorus)
Bahia sends me cocoa, oil and acaraje, Bahia send me your axe
(chorus)
Bahia sends me joy, Bahia sends me love, Bahia send me your axe


Corta Cana

Chorus: Corta cana eh corta cana ah
A vida e tao dura dentro do carnavial
Chorus
Berimbau toca Iuna, berimbau toca regional

English Translation:
Cut the (sugar) cane, cut the (sugar) cane
Life is so hard in the cane fields
Cut the (sugar) cane, cut the (sugar) cane
Berimbau plays Iuna, berimbau plays regional


Idalina

Chorus: Idalina meu bem
Pegue o abada e vem

English Translation:
Idalina my dear
Get the abada and come


Mare Mare

Olha peixe polou na mare
Chorus: Mare mare, mare mare

English Translation:
I saw the fish jump in the tide
the tide, the tide....


Abalou Capoeira, Abalou

Abalou capoeira, abalou
Mas se abalou deixa abalar
Abalou capoeira, abalou
Mas se abalou deixa cair


São Bento Me Chama

São Bento Me Chama
Ai, Ai, Ai, Ai
São Bento me chama
Ai, Ai, Ai, Ai
São Bento me leva
Ai, Ai, Ai, Ai
São Bento me prenda
Ai, Ai, Ai, Ai
São Bento me solta
Ai, Ai, Ai, Ai
São Bento chamo
Ai, Ai, Ai, Ai
Me chama São Bento
Ai, Ai, Ai, Ai
Ê chamo
Ai, Ai, Ai, Ai
Arianha me puxa
Ai, Ai, Ai, Ai
Me joga no chão
Ai, Ai, Ai, Ai
São bento me quer
Ai, Ai, Ai, Ai
Conforme a razão
Ai, Ai, Ai, Ai
Maltrata esse nego
Ai, Ai, Ai, Ai


Beira Mar

O riacho que corre p'ro rio
E o rio que corre p'ro mar
O mar é morada de peixe
Quero ver quem vai pegar, o cordão de ouro
Beira mar Â, Â, beira mar
Ô beira mar Â, Â, beira mar
Ô no tempo que tinha dinheiro
Eu dormia com yaya
Hoje dinheiro se acabou
Capoeira chega p'ra lá
Beira mar Â, Â, beira mar
Ô beira mar Â, Â, beira mar


Boa Viagem

Boa Viagem
Adeus, Adeus
Boa Viagem
Eu vou me embora
Boa Viagem
Eu vou com Deus
Boa Viagem
E com nossa Senhora
Boa Viagem
Eu vou, eu vou
Boa Viagem
Pois chegou a hora
Boa Viagem


A Canoa Virou

A canoa virou, marinheiro
La no fundo do mar tern dinheiro


Capoeira Ligeira

Capoeira prá estrangeiro, meu irmão,
É mato
Capoeira brasileira, meu compadre,
É de matar
Capoeira prá estrangeiro, meu irmão,
É mato
Capoeira brasileira, meu compadre,
É de matar
Berimbau tá chamando
É a roda formando
Vai se benzendo prá entrar
O toque é de Angola, São Bento Pequeno, Cavalaria, Iúna
A mandinga do jogo
O molejo da esquiva
É prá não cochilar
Capoeira é ligeira
Ela é brasileira
Ela é de matar
Capoeira é ligeira
Ela é brasileira
Ela é de matar
Capoeira prá estrangeiro, meu irmão,
É mato
Capoeira brasileira, meu compadre,
É de matar
Capoeira prá estrangeiro, meu irmão,
É mato
Capoeira brasileira, meu compadre,
É de matar
Olha o rabo de arraia
Olha aí a ponteira
E a meia lua prá matar
O mortal e o aú
O macaco e a rasteira
E o arastão prá derrubar
Galopante faceiro
Vai se preparando pra voar
Capoeira é ligeira
Ela é brasileira
Ela é de matar
Capoeira é ligeira
Ela é brasileira
Ela é de matar


Dona Maria Do Camboatá

Dona Maria do Camboatá
Ela chega na venda ela manda botá
Dona Maria do Camboatá
Ela chega na venda e começa gingar
Dona Maria do Camboatá
Ela chega na venda e dá salto mortá


Cabra Mal

Jogava Angola, tambem Regional
Cabra mal, cabra mal
Aprendí Angola, depois Regional
Cabra mal, cabra mal
Eu gosto Angola, eu gosto Regional
Cabra mal, cabra mal
Regional para corpo, Angolo ritual
Cabra mal, cabra mal


Capoeira de São Salvador

O, meu mano.
O que foi que tu viu lá
Eu vi capoeira matando
Também vi maculelê
Capoeira!
É jogo praticado na terra de São Salvador
Capoeira! É jogo praticado na terra de São Salvador
Mas sou discípulo que aprendo
E mestre que dá lição
Na roda de capoeira
Nunca dei meu golpe em vão
Capoeira!
É jogo praticado na terra de São Salvador
Capoeira!
É jogo praticado na terra de São Salvador
É Manuel dos Reis Machado
Ele é fenomenal
Ele é o Mestre Bimba
Criador da Regional
Capoeira!
É jogo praticado na terra de São Salvador
Capoeira!
É jogo praticado na terra de São Salvador
Ei capoeira é luta nossa
Da era colonial
E nasceu foi na Bahia a
Angola e Regional
Capoeira!
É jogo praticado na terra de São Salvador
Capoeira!
É jogo praticado na terra de São Salvador
No dia que eu amanheço
Danado da minha vida
Planto cana descascada
Com seis dias tá nascida
Capoeira!
É jogo praticado na terra de São Salvador
Capoeira!
É jogo praticado na terra de São Salvador


Bota Mandinga ê

Bota mandinga ê, bota mandingá
Bota mandinga ê capoeira
Bota mandinga


Camunjerê

Camunjerê
Como vai, como tá
Camunjerê
Ô como vai vosmicê?
Camunjerê
Como vai de saude Camunjerê
Para mim é um prazer


Moleque É Tu

Oi, é tu que é moleque
Moleque é tu
Moleque te pego
Moleque é tu
Eh, me chamou de moleque
Moleque é tu


Este gunga é meu

Este gunga é meu
Este gunga é meu
Esse gunga é meu e eu não posso vender
Este gunga é meu
Este gunga é meu
Este gunga é meu e não dou a ninguém
Este gunga é meu
Este gunga é meu
Este gunga é meu foi meu pai quem me deu


Capoeira, Capoeira

Capoeira veio daqui
Do quilombo de Zumbi
Como Angola ela chegou
E aqui luta formou
Negro fugia da senzala perseguido
E se escondia do alarido
Pra lutar
Olha armada, meia-lua, cabeçada,
A rasteira e a queixada
Pra matar
Capoeira dizia, capoeira fazia
Liberdade p'ro negro
Liberdade p'ra vida
Capoeira hoje em dia é da vida alegria
Vem pra roda vamos jogar
Oh, Oh, Oh, Oh, Oh, Oh
Capoeira, Capoeira
Oh, Oh, Oh, Oh, Oh, Oh
Capoeira, Capoeira
Oh, Oh, Oh, Oh, Oh, Oh


Dona Maria Como Vai Você

E vai você, vai você?
Dona Maria, como vai você?
E pega na vassoura como vai você.
Dona Maria, como vai você?
E mais joga bonito que eu quero aprender.
Dona Maria, como vai você?
E vai você, e vai você.
Dona Maria, como vai você?
O joga bonito que eu quero aprender.
Dona Maria, como vai você?
Como vai você, como vai você.
Dona Maria, como vai você?
Como tá você, eu quero saber
Dona Maria, como vai você?
Como tá como passou, como vai você
Dona Maria, como vai você?


Leva Morena, Me Leva

Leva Morena me leva
Leva p'ro seu bangalo
Leva morena me leva
Que sou Capoeira ja disse que sou
Leva Morena me leva
Leva p'ro seu bangalo
Leva morena me leva
Oue hoje faz frio amanha faz calor
Leva Morena me leva
Leva p'ro seu bangalo
Leva morena me leva
Me leva p'ra baixo do seu cobertor
Leva Morena me leva
Leva p'ro seu bangalo
Leva morena me leva
Que hoje sou pobre amanha sou doutor
Leva Morena me leva
Leva p'ro seu bangalo
Leva Morena querida,
dou minha vida pelo seu calor.
Leva Morena me leva
Leva p'ro seu bangalo
Leva morena façeira,
sou capoeira mereco amor.
Leva Morena me leva
Leva p'ro seu bangalo
Leva pro seu barraquinho,
bem pequeninho lá em salvador.
Leva Morena me leva
Leva p'ro seu bangalo
Leva me leva,
me leva Morena que eu vou.


Le le le Baiana

A baiana me pega
Me leva pro samba
Eu sou do samba
Eu vim sambá
Le le le Baiana
Minha baiana que deu o sinal
Le le le Baiana
Pra' dançar o carnaval
Le le le Baiana
Tambem jogar capoiera
Le le le Baiana
Angola e Regional


Maculelê Maracatú
 

Meu filho quando nascer
Vou perguntar a parteira
O que é que meu filho vai ser
O meu filho vai ser Capoeira
 

Capoeira capú
Maculelê Maracatú


E não é karaté nem tambem kung-fu
Maculelê Maracatú


Oi eu fui na Bahia comer carurú
Maculelê Maracatú


Mas comer carurú, vatapá com angú
Maculelê Maracatú


Capoeira capú
Maculelê Maracatú


Nhem Nhem Nhem

Eh menino chorou
Nhem Nhem Nhem
Eh menino chorou
Nhem Nhem Nhem
Porque não mamou
Nhem Nhem Nhem
Sua mãe tá na feira
Nhem Nhem Nhem
Ela ainda, não voltou
Nhem Nhem Nhem
Cala a boca menino
Nhem Nhem Nhem
Eh menino danado
Nhem Nhem Nhem
Eh menino malvado
Nhem Nhem Nhem
Chora menino
Nhem Nhem Nhem
Sua mãe foi a feira
Nhem Nhem Nhem
Foi compra memadeira
Nhem Nhem Nhem
Ela foi no cabula
Nhem Nhem Nhem
Foi compra jaca dura
Nhem Nhem Nhem


Ô Ligeiro

Ô ligeiro, ô ligeiro
Paraná
Eu também sou ligeiro
Paraná
Ô ligeiro, ô ligeiro
Paraná
Meu mestre c ligeiro
Paraná
Mestre Peixinho c ligeiro
Paraná
E Santo c ligeiro
Paraná
Ô Palhaco c ligeiro
Paraná
E Delgado c ligeiro
Paraná ...


Luanda E

Luanda e meu boi. Luanda e Mara.
Teresa samba deitada, ô Marina samba de pe,
E là no cais da Bahia, não tem lêlê não tem nada
Ôi não tem lêlê, nem lala.
Ô laê la de la.
Ô lêlê
E la laê la de la
Ô lêlê


Sai Sai Catarina


Sai sai Catarina
Saia do mar venha ver Idalina
Sai sai Catarina
Ô Catarina venha ver
Sai sai Catarina
Ô saia do mar venha ver Idalina
Sai sai Catarina
Ô Catarina venha ver


Ta no Sangue do Raça Brasileira

Au eh, au eh, au eh eeee....
Oi le le le le o le le le oooo ....
Au eh, au eh, au eh eeee....
Oi le le le le o le le le oooo ....
Capoeira ta na raça Brasileira
Capoeria
Est a nossa cor
Mestre Bimba
Est a nossa cor
Mestre Pastinha
Est a nossa cor
Da Bahia
Est a nossa cor
Birimbau
Est a nossa cor
...


Oi sim sim sim

Oi sim sim sim
Oi não não não
Mas hoje tem amanhã não
Mas hoje tem amanhã não
Oi sim sim sim
Oi não não não
Mas hoje tem amanhã não
Olha a pisada de lampião
Oi sim sim sim
Oi não não não
Mas hoje tem amanhã não
Mas hoje tem amanhã não
Oi sim sim sim
Oi não não não
Oia a pisada de lampião
Oia a pisada de lampião


Salomé Salomé

Salomé Salomé
Homem Pequeno é ladrão de mulher
Salomé Salomé
Mestre Pequeno c ladrão de mulher


Paraná ê

Vou dizer minha mulher, Paraná
Capoeira me venceu, Paraná
Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Ela quis bater pé firme, Paraná
Isso não aconteceu, Paraná
Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Paranauê, Paraná
Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Assim dera que o morro, Paraná
Se mudou para a cidade, Paraná
Paraná ê, Paraná ê, Paraná
E' batuque todo dia, Paraná
Mulata de qualidade, Paraná
Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Vou mimbora pra Bahia, Paraná
Eu aqui não fico não, Paraná
Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Se não for essa semana, Paraná
E' a semana que vem, Paraná
Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Dou no escondo a ponta, Paraná
Ninguém sabe desatar, Paraná
Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Eu sou braço de maré, Paraná
Mas eu sou maré sem fim, Paraná
Paraná ê, Paraná ê, Paraná


Maré Maré

Maré maré
Maré da beira mar
Maré maré
Marc da beira rio
Maré maré
Maré da beira do mangue
Maré maré
Maré da beira do lago


Marinheiro Sô

Marinheiro sô
Eu não sou daqui
Marinheiro sô
Eu não tenho amor
Marinheiro sô
Eu sou da Bahia
Marinheiro sô
De São Salvador
Marinheiro sô
O marinheiro marinheiro
Marinheiro sô
Quem te ensinou a nadar
Marinheiro sô
O foi o tombo do navio
Marinheiro sô
O foi o balanço do mar
Marinheiro sô
La vem la vem
Marinheiro sô
Ele vem faceiro
Marinheiro sô
Todo de branco
Marinheiro sô
Com seu bonezinho
Marinheiro sô


Ai Meu Tempo

Ai meu tempo faz tanto tempo
Que o meu tempo não volta mais
Quando os negros de aruanda
Cantavam todos iguais
Ai meu tempo faz tanto tempo
Que o meu tempo não volta mais
Quando os negros de aruanda
Cantavam todos iguais
Nos somos pretos da catanga de Aruanda
A Conceição iremos louvar
Ananaê, ê, ê, anana ê, ê, a
Nos somos pretos da catanga de Aruanda
A Conceição iremos louvar
Ananaê, ê, ê, anana ê, ê, a
Preto velho ficava sentado
No batente do velho portão
Preto velho com sua viola
Preto velho com seu violão
Preto velho com sua viola
Preto velho com seu violão
Lá na festa da Conceição
Todo mundo pedia e implorava
O menino pegava a viola
Preto velho então cantarolava
O menino pegava a viola
Preto velho então cantarolava


Zum, Zum, Zum

Olha eu vou contar
Quem quiser pode me ouvir
Quem quiser diga que não
Quem quiser diga que sim
Agradeça à escravidão
Quem quiser que fale asneira
Se não fosse o escravo
Não existia a capoeira
Zum, zum, zum
Capoeira mata um
Zum, zum, zum
Capoeira mata um
Zum, zum, zum
Capoeira mata um
Zum, zum, zum
Capoeira mata um
Cuidado com preto velho
Que ele pode machucar
Nos tempos da escravidão
Já jogava o pé pro ar
Zum, zum, zum
Capoeira mata um
Zum, zum, zum
Capoeira mata um
Zum, zum, zum
Capoeira mata um
Zum, zum, zum
Capoeira mata um
A filha do meu patrão
Ia na escola estudar
E a caneta do escravo
Era o canavial


Ai, Ai, Aidê

Ai, Ai, Aidê
Joga bonito que eu quero ver
Ai, Ai, Aidê
Joga bonito que eu quero aprender


A Onça Morreu

A onça morreu, o mato é meu!
O mato é meu, O mato é meu


O Meu Mano

O meu mano
o que foi que tu viu lá
eu vi Capoeira matando
também vi Maculelê
Capoeira
é jogo praticado na terra de São Salvador
Capoeira
é jogo praticado na terra de São Salvador
Sou discípulo que aprendo
e mestre que dou lição
na roda da Capoeira
nunca dei meu golpe em vão
Capoeira
é jogo praticado na terra de São Salvador
Capoeira
é jogo praticado na terra de São Salvador
ê Manoel dos Reis Machado
ele é fenomenal
ele é o Mestre Bimba
criador da regional.
Capoeira
é jogo praticado na terra de São Salvador
Capoeira
é jogo praticado na terra de São Salvador
ê Capoeira é luta nossa
da era colonial
e nasceu foi na Bahia
Angola e Regional.
Capoeira
é jogo praticado na terra de São Salvador
Capoeira
é jogo praticado na terra de São Salvador
ê no dia que eu amanheço
danado da minha vida
planto cana descascada
com seis dias está nascida.
Capoeira
é jogo praticado na terra de São Salvador
Capoeira
é jogo praticado na terra de São Salvador


Quem Vem Lá

Quem vem lá sou eu
quem vem lá sou eu
Berimbau bateu
Capoeira sou eu
Quem vem lá sou eu
quem vem lá sou eu
Berimbau mais eu
Capoeira sou eu
Quem vem lá sou eu
quem vem lá sou eu
Berimbau bateu
Capoeira sou eu
Quem vem lá sou eu...
Eu venho de longe
venho de Itabuna
jogo Capoeira
meu nome é Suassuna
Quem vem lá sou eu...
Mas sou eu, sou eu
Quem vem lá
Mas sou eu Brevenuto
Quem vem lá
ô montado a cavalo
Quem vem lá
ô fumando charuto
Quem vem lá
sou eu, sou eu


É Besouro

Quando eu morrer, disse Besouro
Quando eu morrer, disse Besouro
Não quero choro nem vela
tambem não quero barulho
na porta do cemitério.
Eu quero meu berimbau
eu quero meu berimbau
com uma fita amarela
gravado com o nome dela.
ê o meu nome
é Besouro
E como é meu nome?
é Besouro
Ohla lá siri de mangue
todo tempo não é um
ohla que você não aguenta
a presa do quanhamun
Quando eu entro você sai
quando eu saio você entra
nunca vi mulher gamada
que não fosse ciumenta.
ê o meu nome
é Besouro


Canarinho da Alemanha

Canarinho da Alemanha
quem matou meu curió
Eu jogo Capoeira, Mestre Bimba é o melhor, ê...
Canarinho da Alemanha
ô na roda da Capoeira quero ver quem é melhor, ê...
Canarinho da Alemanha
Eu jogo Capoeira e Pastinha é melhor, ê...
Canarinho da Alemanha
Eu jogo Capoeira na Bahia e Maceió, ê...
Canarinho da Alemanha
Eu jogo Capoeira, Canjiquinha é melhor, ê...
Canarinho da Alemanha
Eu jogo Capoeira, Caiçara tembém é, ê...
Canarinho da Alemanha


Luanda ê

Luanda ê meu boi. Luanda ê Mara.
Teresa samba deitada, ô Marina samba de pe,
E là no cais da Bahia, não tem lêlê não tem nada
Ôi não tem lêlê, nem lala.
Ô laê la e la.
Ô lêlê.
È la laê la de la
Ô lêlê.


Olha homem que matei

Êê, ê, ê, ê
olha homem que matei
Êê, ê, ê, ê
era filho de Jorde
Êê, ê, ê, Êê, ê, ê, ê
c o fim da desordem
Êê, ê, ê, ê
mais na cadeira eu não vo
Êê, ê, ê, ê
eu vo, eu vo m'embora
Êê, ê, ê, ê
eu vo a Salvador
Êê, ê, ê, ê
eu vo, eu vo a Bahia
Êê, ê, ê, ê
esta terra do meu Deus
Êê, ê, ê, ê
este mundo do meu Deus
Êê, ê, ê, ê


Dá No Nêgo

Dá, dá, dá no nêgo
ô no nêgo você não dá
Dá, dá, dá no nêgo
ê mais se dar vai apanhar
Dá, dá, dá no nêgo
ô no nêgo você não dá
Dá, dá, dá no nêgo
ê joga o nêgo para cima
deixa o nêgo vadiar
Dá, dá, dá no nêgo
esse nêgo c valente,
esse nêgo c o cão
Dá, dá, dá no nêgo
mais se não dar vai apanhar
Dá, dá, dá no nêgo


Eu Pisei Na Folha Seca

Eu pisei na folha seca
Eu vi fazer xuê xuá
xuê xuê xuê xuá
Eu vi fazer xuê xu
xuê xuê xuê xuá
Eu vi fazer xuê xuá


São Bento Me Chama

*Ai, Ai, Ai, Ai
São Bento me chama
*
São Bento me leva
*
São Bento me prende
*
São Bento me solta
*
São Bento chamo
*
Me chama São Bento
*
Ê chamo
*
Arianha me puxa
*
Me joga no chão
*
São bento me quer
*
Conforme a razão
*
Maltrata esse nego
*

Idalina - (samba)

*E de manhã, Idalina tá me chamando
Idalina tem o costume
de chamar-me e sair andando
*
Idalina, meu amor
Idalina tá me esperando
*
Idalina tem o costume
de mandar a gente sair andando
*
Idalina tem o costume danado
de falar de homem
*
ê Idalina, meu amor
Idalina tá me chamando
*

Tempo de Lutar

Tava lá em casa, ô iaiá
sem pensar nem imaginar
Tava lá em casa, ô iaiá
sem pensar nem imaginar
Quando ouvi bater na porta
Quando ouvi bater na porta, ô iaiá
Salomão mandou chamar
era hora de lutar
Para ajudar a vencer
Para a judar a vencer, ô iaiá
a batallha liderar
eu que nunca fui de luta
nem pretendia lutar, amigo velho
botei a arma na mão
era tempo de lutar
era hora de lutar

Besouro Preto

ô Besouro Preto
ô Besouro Preto bará
ô Besouro Preto bará
ô Besouro Preto bará
ô Besouro Preto
ô Besouro Preto malvado
ô Besouro Preto malvado
ô Besouro Preto danado
ô Besouro Preto
ô Besouro Preto malvado
ô Besouro Preto malvado
ô Besouro Preto danado
...

Me Dá Meu Dinheiro

*Me dá meu dinheiro
ô me dá meu dinheiro, valentão
ô me dá meu dinheiro, valentão
que no meu dinheiro
ninguém põe a mão
*
ô me dá meu dinheiro, valentão
que eu dou uma rasteira
e lhe ponho no chão
*
ô me dá meu dinheiro, valentão
Você não conhece
o meu esporão
*

Pisa, Caboclo

*Pisa, caboclo quero ver você pisar
Pisa lá que eu piso cá
quero ver você pisar
*
Na batida do meu samba
quero ver você dançar
*
Pisa lá que eu piso cá
quero ver quem vai pular
*
Na batida do meu gunga
quero ver você pular
*

Ê Ogum Ê

ê Ogum ê
oi tada que o ma lembê
ê Ogum ê
oi tada que o ma lembê
Ogum ê
Tada que o ma lembê
Ogum ê
Tada que o ma lembê
ê lago ê
Tada que o ma lembê
ô lago ê
Tada que o ma lembê

Mare mare

*Mare mare
Mare da beira mar
*
Mare da beira rio
*
Mare da beira do mangue
*
Mare da beira do lago
*

Casca dura

*Casca dura e madeira de lei
E' madeira de lei, e madeira de lei
*
Oi chegou a turma do mestre Burgues
*
E' madeira de Lei, e madeira de lei
*

Gameleira no chão

Siri jogou
*Gameleira no chão
Bem-te-vi jogou
*
Jogo que eu vi
*
Jogo jogou
*

Dona Maria do Camboata

*Dona Maria do Camboata
Ela chega na venda, ela manda bota
*
Ela chega na venda e da salto morta
*
Ela chega na venda e começa a gingar
*

É com o pé que se bate

Quem nunca jogou capoeira
Ainda não sabe o que é bom
É cultura brasileira
Já diz o folclore é luta da gente
Quando se escuta o pandeiro
E vai rimando com o atabaque
O berimbau vai dizendo
Não é com a mão é com o pé que se bate
Não é com a mão
É com o pé que se bate
Não é com a mão
É com o pé que se bate

Marinheiro So

Eu nao sou daqui
*Marinheiro so
eu não tenho amor
*
Eu sou da Bahia
*
De São Salvador
*
Marinheiro marinheiro
*
Quem te ensinou a nadar
*
O foi tombo do navio
*
O foi o balanço do mar
*
La vem la vem
*
Ele vem faceiro
*
Todo de branço
*
Com seu boneizinho
*

Leva Morena, Me Leva

*Leva Morena me leva,
Leva pro seu bangalô
Leva Morena querida,
dou minha vida pelo seu calor.
*
Leva morena façeira,
sou capoeira mereco amor.
*
Leva pro seu barraquinho,
bem pequeninho lá em salvador.
*
Leva me leva,
me leva Morena que eu vou.

O Menino Chorou

O menino chorou
*Nhem Nhem Nhem
c menino chorou
*
porque não mamou
*
sua mãe tá na feira
*
ela ainda, não voltou
*
cala a boca' menino
*
c menino danado
*
c menino malvado

Capoeira Songs (A Thru F)


--------------------------------------------------------------------------------


A Bananeira caiu

O facão bateu em baixo

A bananeira caiu

O facão bateu em baixo

A bananeira caiu

Cai cai bananeira

A bananeira caiu


--------------------------------------------------------------------------------


A palma de Bimba

A palma estava errada

Bimba parou outra vez

Bata esta palma direito

A palma de Bimba e um, dois, tres

Olha a palma de Bimba E um, dois, tres

Se voce e devoto de Bimba

Na roda ele vai lhe ajudar

Mas se nao e, sai correndo

Que a roda ta aberta, E o bicho vai pegar

E a palma de Bimba e um, dois, tres

Olha a palma de Bimba E um, dois, tres

A quadra estava errada

Bimba parou outra vez

Cante esta quadra direito

A palma de Bimba e um, dois, tres

Olha a palma de Bimba E um, dois, tres

A Iuna estava errada

Bimba falou outra vez

Nao matrate esta ave moleque

E a palma de Bimba e um, dois, tres

Olha a palma de Bimba E um, dois, tres

A ginga estava errada

Bimba parou outra vez

O ginga bonito moleque

E a palma de Bimba e um, dois, tres

Olha a palma de Bimba E um, dois, tres


--------------------------------------------------------------------------------


Abalou, capoeira, abalou

Abalou, capoeira, abalou

oi se abalou deixa abalar

Abalou, capoeira, abalou

Mas se abalou decair abalar

Abalou, capoeira, abalou

E abalou vamos jogar

Abalou, capoeira, abalou

E abalou vai abalar

Abalou, capoeira, abalou

Quero ver quem vem jogar

Abalou, capoeira, abalou


--------------------------------------------------------------------------------


A canoa virou marinheiro

A canoa virou marinheiro

Oi no fundo do mar tem dinheiro

A canoa virou marinheiro

Oi no fundo do mar tem dinheiro

A canoa virou marinheiro


--------------------------------------------------------------------------------


Adão, Adão

Adão, Adão

Oi cadé Salomé, Adão

Oi cadé Salomé, Adão

O foi na Ilha de Marè

Adão, Adão

Oi cadé Salomé, Adão

Oi cadé Salomé, Adão

O Salomé foi passeia

Adão, Adão

Oi cadé Salomé, Adão


--------------------------------------------------------------------------------


Adeus, Adeus

Adeus, adeus

Boa viagem

Eu já vou embora

Boa viagem

Eu vou com Deus

Boa viagem

E com Nossa Senhora

Boa viagem

Adeus

Boa viagem

Adeus

Boa viagem

Adeus, Adeus

Boa viagem

Adeus


--------------------------------------------------------------------------------


Adeus Santo Amaro

Adeus Santo Amaro

Vou ver vou pra la

Vou ver vou pra la

Vou ver a mandinga de la

Adeus Santo Amaro

Vou ver vou pra la

Vou ver vou pra la

Vou ver capoeira jogar


--------------------------------------------------------------------------------


Ai! Ai! Aide!

Ai! Ai! Aidê!

Aidê! Aidê! Aidê!

Ai! Ai! Aidê!

Joga bonito que eu quero ver

Ai! Ai! Aidê!

Joga bonito que eu quero aprender


--------------------------------------------------------------------------------


Ai Ai Ai Ai (Sao Bento me Chama)

Ai, ai, ai, ai

São Bento me chama

Ai, ai, ai, ai

São Bento me leva

Ai, ai, ai, ai

São Bento me prenda

Ai, ai, ai, ai

São Bento me solta

Ai, ai, ai, ai

Me chamou que vou

Ai, ai, ai, ai

São Bento me qué.

Ai, ai, ai, ai

Pra jogar capoeira

Ai, ai, ai, ai

E me joga no chao

Ai, ai, ai, ai

E apanha e cengonha

Ai, ai, ai, ai

E se joga no chao

Ai, ai, ai, ai


--------------------------------------------------------------------------------


Ai Ai Ai Ai, Doutor

Ai Ai Ai Ai, Doutor

Velejando No Mar

Eu Vou, Eu Vou

Ai Ai Ai Ai, Doutor

Pra jogar capoeira de São Salvador

Ai Ai Ai Ai, Doutor

Berimbau ta' tocando

A roda formando

Eu sou capoeira

Me chama que eu vou

Ai Ai Ai Ai, Doutor


--------------------------------------------------------------------------------


Ai meu tempo

Ai, meu tempo, faz tanto tempo

que o meu tempo não volta mais

quando os negos de Aruanda

cantavem coros iguais

Ai, meu tempo, faz tanto tempo

que o meu tempo não volta mais

quando os negos de Aruanda

cantavem coros iguais

Nos somos pretos da capanga de Aruanda

a Conceição viemos louvar

Aranda e e e, Aranda e e a

Nos somos pretos da capanga de Aruanda

a Conceição viemos louvar

Aranda e e e, Aranda e e a

Preto velho ficava sentado

no batente do velho portão

Preto velho com sua viola

Preto velho com seu violão

Preto velho com sua viola

Preto velho com seu violão

La na festa da Conceição

todo mundo pedindo e implorava

O menino pegava a viola

Preto velho então cantarolava

O menino pegava a viola

Preto velho então cantarolava


--------------------------------------------------------------------------------


Angola e e

Angola ê ê, Angola ê Angola

Onde eu vim é de Angola ê ê, onde eu vim e de Angola Iaia

Angola ê ê, Angola ê Angola

O Angola ê ê, vou jogar Angola Iaia

Angola ê ê, Angola ê Angola

No balanço deAngola é é, no balanço de Angola, Angola

Angola ê ê, Angola ê Angola

No joguinho de Angola é é, no joguinho de Angola, Angola

Angola ê ê, Angola ê Angola

Meu pai vem de Angola é é, minha vem de Angola, Angola

Angola ê ê, Angola ê Angola

Quem quiser ver Angola é é, vem pra Angola, Angola

Angola ê ê, Angola ê Angola


--------------------------------------------------------------------------------


Angola ê, Angolá, Angola ê mandiguera, Angolá

Angola ê, Angolá, Angola ê mandiguera, Angolá

Angola ê, Angolá, Angola ê mandiguera, Angolá

Vou mimbora pra Bahia, amanhã eu vou pra la

Vou jogar a capoeira no mercado popular

Angola ê, Angolá, Angola ê mandiguera, Angolá


--------------------------------------------------------------------------------


Aue Aue Aue

Auê auê auêrêê , lêlêlêlêlêlêlêlêlê ôô

Auê auê auêrêê, lêlêlêlêlêlêlêlêlê ôô


Tá no sangue da raça Brasileira , capoeira

É da nossa cor

Berimbau

É da nossa cor

Atabaque

É da nossa cor

O pandeiro

É da nossa cor


Auê auê auêrêê , lêlêlêlêlêlêlêlêlê ôô

Auê auê auêrêê, lêlêlêlêlêlêlêlêlê ôô


--------------------------------------------------------------------------------


Avisa Meu Mano

Avisa meu mano, avisa meu mano

Avisa meu mano, capoeira mandou me chamar

Avisa meu mano, avisa meu mano

Avisa meu mano, capoeira mandou me chamar

Capoeira é luta nossa, da era colonial Capoeira

É nasceu foi na Bahia, Angola e Regional

Avisa meu mano, avisa meu mano

Avisa meu mano, capoeira mandou me chamar


--------------------------------------------------------------------------------


Bahia Axe

Que bom estar com você , aqui nessa roda , com esse conjuntu

Bahia axé , axé Bahia

Bahia axé , axé Bahia


Os ventos que sopram taõ lindos , sombre os coqueirais , isso é demais

Io io io io , io io io io

Io io io io , io io io io


--------------------------------------------------------------------------------


Bahia De Outrora

Na Bahia de outrora, de Mestre Pastinha, Mestre Valdemar

Ladainhas de Angola, onde o canto me faz recordar

Do tempo que era tão bom, onde eu queria viver

Conhecer toda a mandinga, toda a malícia e também o saber

Ai, ai, aaaai, ai, ai, saudade que eu tenho demais

Ai, ai, aaaai, ai, ai

Do tempo que não volta atrás

Ai, ai, aaaai, ai, ai

Quando Bimba era rapaz

Ai, ai, aaaai, ai, ai

Era um tempo bom demais

Ai, ai, aaaai, ai, ai

Capoeira era jogada, o capoeirista que tinha valor

Era um tempo que não tinha grupo, que não tinha mestre de graduação

Os olhos ensinavam a jogar, cada um tinha a sua expressão

O aluno era discípulo aprendia com o mestre toda a lição

Ai, ai, aaaai, ai, ai, saudade que eu tenho demais

Ai, ai, aaaai, ai, ai

Seu pastinha lá no cais

Ai, ai, aaaai, ai, ai

Valdemar do Pero Vaz

Ai, ai, aaaai, ai, ai

Era um tempo bom demais

Ai, ai, aaaai, ai, ai


--------------------------------------------------------------------------------


Barauna caiu, Quanto mais eu

Barauna caiu, quanto mais eu

Quanto mais eu, quanto mais eu

Barauna caiu, quanto mais eu

Quanto mais eu, colego velho

Barauna caiu, quanto mais eu


--------------------------------------------------------------------------------


Beira mar

Beira mar oio

Beira mar aia

Beira mar oio

Beira mar aia

Beira mar, beira mar

É de oio

Beira mar, beira mar

É de aia


--------------------------------------------------------------------------------


Berimbau, Berimbau, Berimbau

Berimbau, berimbau, berimbau,

Como é gostoso tocar berimbau.

Berimbau, berimbau, berimbau,

Toca Angola e também Regional,

Berimbau, berimbau, berimbau,

A cabaça, um arame, um pedaço de pau.

Berimbau, berimbau, berimbau,

Como é gostoso tocar berimbau.

Berimbau, berimbau, berimbau,

Toca Angola e também Regional,

Berimbau, berimbau, berimbau,

A cabaça, um arame, um pedaço de pau.


--------------------------------------------------------------------------------


Besouro Preto

ô Besouro Preto

ô Besouro Preto bará

ô Besouro Preto bará

ô Besouro Preto bará

ô Besouro Preto

ô Besouro Preto malvado

ô Besouro Preto malvado

ô Besouro Preto

ô Besouro Preto malvado

ô Besouro Preto malvado

ô Besouro Preto

ô Besouro Preto malvado


--------------------------------------------------------------------------------


Cajueiro

Vo Manda lecô

Cajueiro

Vo Manda loiá

Cajueiro

Vo menina Linda

Cajueiro

Venho me buscar

Cajueiro

Leco

Cajueiro

Loia

Cajueiro


--------------------------------------------------------------------------------


Camunjere

Camunjéré

Como ta como ta

Camunjéré

Como vai vomice

Camunjéré

Como vai de saúde

Camunjéré

Pramim é um prazer

Camunjéré


--------------------------------------------------------------------------------


Canarinho da Alemanha

Canarinho da Alemanha

Quem matou meu curió

Eu jogo capoeira

Na Bahia e Maceió

Canarinho da Alemanha

Quem matou meu curió

Eu jogo capoeira

Mas meu mestre é melhor

Canarinho da Alemanha

Quem matou meu curió

Quem tem fé em Deus

Nunca cai em bozó

Canarinho da Alemanha

Quem matou meu curió

O segredo da lua

Quem sabe é o clarão do sol

Canarinho da Alemanha

Quem matou meu curió


--------------------------------------------------------------------------------


Cantei pra Yoyo, cantei pra Yaya

Cantei pra Yoyo, cantei pra Yaya

Cantei pra Yoyo, cantei pra Yaya

na roda de capoeira quero ver gunga falar

na roda de capoeira quero ver gunga falar

quero ver gunga falar, quero ver gunga falar

quero ver gunga falar, quero ver gunga falar


--------------------------------------------------------------------------------


Capoeira O lê lê

Capoeira não sai do pensamento

Capoeira não sai do coração

Capoeira é fundamento

Capoeira é tradiçao

Capoeira

O lê lê

Capoeira

O lá lá

O lê lê, O lê lê, O lê lê, O lá lá

Capoeira

O lê lê

Capoeira

O lá lá


--------------------------------------------------------------------------------


Chora Capoeira

Mestre Bimba foi embora

Por favor tire o chapeu

Mas nao vai chorar agora

Mestre Bimba foi pro ceu

Eh chora

Chora Capoeira, Capoeira chora,

chora Capoeira Mestre Bimba foi embora

Mestre Bimba foi embora

Mas deixou jogo bonito

Deve estar jogando agora

Numa roda do infinito

Eh chora

Chora Capoeira, Capoeira chora,

chora Capoeira Mestre Bimba foi embora

Mestre Bimba foi embora

Nao teve choro e nem misterio

O berimbau tocou sereno

Na porta do cemeterio

Eh chora

Chora Capoeira, Capoeira chora,

chora Capoeira Mestre Bimba foi embora


--------------------------------------------------------------------------------


Chora viola e, chora viola a

Chora viola ê, chora viola â,

Chora viola, Chora viola viola,

Chora viola ê, chora viola â,

Chora viola, Chora viola viola,

Camarade essa viola, eu trouxe do Ceará,

Chora viola ê, chora viola â,

Chora viola, Chora viola viola,

Chora viola ê, chora viola â,

Chora viola, Chora viola viola,

É uma viola muito boa, é danada pra chorar,

Chora viola ê, chora viola â,

Chora viola, Chora viola viola,

Chora viola ê, chora viola â,

Chora viola, Chora viola viola,


--------------------------------------------------------------------------------


Cruz Credo, Ave Maria

Cruz credo, ave Maria

Eu cantava eu tocava

E ninguem respondia

Cruz credo, ave Maria

Quanto mais eu cantava

Ninguem respondia

Cruz credo, ave Maria

Essa roda é de mudo

E eu não sabia

Cruz credo, ave Maria

Eu plantei melão

E nasceu melancia

Cruz credo, ave Maria

Vai parar todo mundo

Na delagacia

Cruz credo, ave Maria

A irmã da minha mãe

Só pode ser a minha tia

Cruz credo, ave Maria


--------------------------------------------------------------------------------


Da No Nego

Da, da, da, no nego

O no nego voce nao da

Da, da, da, no nego

Mais se nao dar vai apanhar

Da, da, da, no nego

Esse nego e valente, esse nego e o cao

Da, da, da, no nego

Voce diz que da no nego,

No nego voce nao da

Da, da, da, no nego

Jogo nego para cima,

Deixa o nego vadiar

Da, da, da, no nego


--------------------------------------------------------------------------------


Dona Maria Como Vai Voce

Vai você, vai você

Dona Maria como vai você

Vai você, como vai você

Dona Maria como vai você

Olha joga ligeiro que eu quero ver

Dona Maria como vai você

Joga bonito que eu quero aprender


--------------------------------------------------------------------------------


Dona Maria do Camboata

Dona Maria do Camboatá

Ela chega na venda, ela manda botar

Dona Maria do Camboatá

Ela chega na venda e dá salto morta

Dona Maria do Camboatá

Ela chega na venda e começa a gingar

Dona Maria do Camboatá


--------------------------------------------------------------------------------


E a cobra lhe morde

Queria ir mas agora não vou mais

No caminho me apareceu uma cobra de corais

E a cobra lhe morde

Senhor São Bento

E a cobra lhe morde

Senhor São Bento

E a cobra lhe morde

Senhor São Bento

Mas que cobra valente

Senhor São Bento

O veneno da cobra

Senhor São Bento

Ela vai te matar

Senhor São Bento

Olha que cobra malvada

Senhor São Bento

Ela vai te pegar

Senhor São Bento

Oia o veneno da cobra

Senhor São Bento

Ela vai te matar

Senhor São Bento

Oia que cobra malvada

Senhor São Bento

Ela vai te pegar

Senhor São Bento

Oia o veneno da cobra

Senhor São Bento

Ela vai te matar

Senhor São Bento

Oia que cobra malvada

Senhor São Bento

Ela vai te pegar

Senhor São Bento


--------------------------------------------------------------------------------


Ê berimbau, eê berimbau.

Ê berimbau, eê berimbau.

Ê berimbau, eê berimbau.

A cabaça, um arame, um pedaço de pau,

como é gostoso tocar berimbau.

Ê berimbau, eê berimbau.

Ê berimbau, eê berimbau.

Ê berimbau, eê berimbau.

A cabaça, um arame, um pedaço de pau,

como é gostoso tocar berimbau.

Ê berimbau, eê berimbau.


--------------------------------------------------------------------------------


E, Capoeira, tu quer me matar

E, Capoeira

tu quer me matar

e, Capoeira

joga la que eu jogo ca

E, Capoeira

tu quer me matar

e, Capoeira

joga la que eu jogo ca

Ja joguei com Mestre Bimba

ja lutei com Lampiao

ja joguei com Seu Besouro

e tambem com Riachao

E, Capoeira

tu quer me matar

e, Capoeira

joga la que eu jogo ca

Aprendi a Capoeira

Angola e Regional

e depois vim pra Sao Paulo

pra poder ensinar


--------------------------------------------------------------------------------


E de manha, Idalina ta me chamando

É de manhã, Idalina tá me chamando

Idalina tem o costume

De chamar e vai andando

É de manhã, Idalina tá me chamando

O Idalina meu amor

Idalina tá me esperando

É de manhã, Idalina tá me chamando

Idalina tem o costume

Danado de falar de homem

É de manhã, Idalina tá me chamando

Idalina meu amor

Idalina tá me esperando

É de manhã, Idalina tá me chamando


--------------------------------------------------------------------------------


E Defesa, Ataque

Capoeira

E defesa, ataque

E ginga de corpo e malandragem

O maculele e danca de pau

Na roda de capoeira

Quem comanda e o berimbau

Capoeira

E defesa, ataque

E ginga de corpo e malandragem

Seu Francisco Nunes

Preto Velho meu avo

Ensinou para o meu pai

E o meu pai nao me ensinou

Capoeira

E defesa, ataque

E ginga de corpo e malandragem

Ela e ginga de corpo, ela e malandragem

Ela e brincadeira, e tambem e liberdade

Capoeira

E defesa, ataque

E ginga de corpo e malandragem

Se voce quiser aprender

Vai ter que practicar

Na roda de capoeira

E gostoso de jogar

Capoeira

E defesa, ataque

E ginga de corpo e malandragem


--------------------------------------------------------------------------------


E, E, Tum Tum Tum

E, E, E, Tum Tum Tum

Olha a pisada de Lampião

E, E, E, Tum Tum Tum

Lampião deseu a serra

E, E, E, Tum Tum Tum

Amanha e dia santo

E, E, E, Tum Tum Tum


--------------------------------------------------------------------------------


E' legal è legal

E' legal è legal

Oi joga Capoeira è um negocio legal

E' legal è legal

Oi toca berimbau è um negocio legal

E' legal è legal

Oi tocar pandeiro è um negocio legal

E' legal è legal

Oi tocar atabaque è um negocio legal

E' legal è legal


--------------------------------------------------------------------------------


É, o, é o inganga

É, o, é o inganga, vamos louvar Saraganga, oinganga

Vamos louvar Saraganga, o inganga, vamos louvar Saraganga, o inganga

É, o, é o inganga,vamos louvar Saraganga, o inganga


--------------------------------------------------------------------------------


E, Parana

Ê, Paraná

Paraná, Paraná ê, Paraná

Ê, Paraná

Eu não vou na sua casa, Paraná

Ê, Paraná

Pra você não ir na minha, Paraná

Ê, Paraná

Porque você tem boca grande, Paraná

Ê, Paraná

Vai comer minha galinha, Paraná

Ê, Paraná

Puxa, puxa, leva, leva, Paraná

Ê, Paraná

Paraná está me chamando, Paraná

Ê, Paraná

Me chamando pra jogar, Paraná

Ê, Paraná

Minha mãe está me chamando, Paraná

Ê, Paraná

Vê que vida de moleque, Paraná

Ê, Paraná


--------------------------------------------------------------------------------


É só prestar atenção

É só prestar atenção,

esta luta brasileira é Capoeira meu irmão

É só prestar atenção,

esta luta brasileira é Capoeira meu irmão

É só prestar atenção,

esta luta brasileira é Capoeira meu irmão

É só prestar atenção,

esta luta brasileira é Capoeira meu irmão


Agora eu quero ouvir berimbau

Agora eu quero ouvir berimbau

Agora eu quero ouvir o pandeiro

Agora eu quero ouvir o pandeiro

Agora eu quero ouvir atabaque

Agora eu quero ouvir atabaque

Agora eu quero ouvir agogô

Agora eu quero ouvir agogô

Agora eu quero ouvir recu-recu

Agora eu quero ouvir recu-recu


--------------------------------------------------------------------------------


Ele é braço forte

Ele é braço forte, ele é perna dura, ele e meu mestre, ele ninguém segura

Ele é braço forte, ele é perna dura, ele e meu mestre, ele ninguém segura

Oh Railson êh, Railson ah, ele meu mestre ninguém vai me segurar

Oh Railson êh, Railson ah, ele meu mestre ninguém vai me segurar

Ele é ligeiro no martelo a meia-lua da macaco esse dobrado mas não faz isto na rua

Ele é ligeiro no martelo a meia-lua da macaco esse dobrado mas não faz isto na rua


--------------------------------------------------------------------------------


Eu aprendi capoeira, La na rampa e no cais da Bahia

Eu aprendi capoeira

La na rampa e no cais da Bahia

Eu aprendi capoeira

La na rampa e no cais da Bahia (Chorus)

Vim da ilha de maré na saveiro do mestre João

Fui morar la na preguiça me criei na conceição

Eu descia o pelourinho eu subia a gamaleira

Eu passava o dia inteiro na roda de capoeira

Eu aprendi capoeira

La na rampa e no cais da Bahia

Eu aprendi capoeira

La na rampa e no cais da Bahia (Chorus)

Camafeu e pastinha jogava

Valdemar jogava com seu Zacharias

Eu aprendi capoeira

La na rampa e no cais da Bahia (chorus)

O gringo filmava me fotografava

eu pouco ligava também não sabia

Que minha foto ia sair no jornal

Na Russia na França e até na Hungria

Capoeira é uma arte, capoeira é uma luta

capoeira é um balé mais lindo da minha Bahia

Eu aprendi capoeira

La na rampa e no cais da Bahia

Eu aprendi capoeira

La na rampa e no cais da Bahia (Chorus)


--------------------------------------------------------------------------------


Eu ouvi fazer xuê, xuâ

Mas eu pisei na folha seca eu ouvi fazer xuê, xuâ

Xuê, xuê, xuê, xuâ

Eu ouvi fazer xuê, xuâ

Xuê, xuê, xuê, xuâ

Eu ouvi fazer xuê, xuâ


--------------------------------------------------------------------------------


Eu pisei na cobra verde

Eu pisei na cobra verde,

cobra verde e ao bom sinal

Bom sinal, bom sinal

Cobra verde e ao bom sinal

Bom sinal, bom sinal

Cobra verde e ao bom sinal


--------------------------------------------------------------------------------


Eu sou Angoleiro

Eu sou Angoleiro

Angoleiro e o que eu sou

Eu sou Angoleiro

Angoleiro de valor

Eu sou Angoleiro

Angoleiro Salvador

Eu sou Angoleiro

Angoleiro sim senhor

Eu sou Angoleiro

Meu mestre me ensinou

Eu sou Angoleiro


--------------------------------------------------------------------------------


Eu sou Capoeira tambem so Maculele

Quando chego no Mercado Modelo, Modelo

Na festa do amanhecer

A morena começa a chamar

Perguntando, negão que vai fazer

Eu sou Capoeira tambem so Maculêlê

e respondo

Eu sou Capoeira tambem so Maculêlê

La, la, lauá

La, la, lauê

Lauê

La, la, lauá

La, la, lauê


--------------------------------------------------------------------------------


Eu vi a cutia com coco no dente

Eu ví a cutia com côco no dente,

Comendo farinha com cocada quente

Eu ví a cutia com côco no dente,

Com côco no dente, com côco do dente

Eu ví a cutia com côco no dente,


--------------------------------------------------------------------------------


Eu Viajo pelo mundo, No Toque Do Berimbau

Eu viajo pelo mundo

no toque do berimbau

Vou jogando a capoeira

de Angola e Regional

Eu viajo pelo mundo

no toque do berimbau

No toque do berimbau

No toque do berimbau

Eu viajo pelo mundo

no toque do berimbau

Ele cura feria e

me livra do meu mal

Eu viajo pelo mundo

no toque do berimbau



Capoeira Songs (G Thru P)


--------------------------------------------------------------------------------


Gamelera no Chao

Bentivi jogou

Gamelera no chão

Bentivi jogou

Gamelera no chão

Jogo que eu vi

Gamelera no chão

Jogo jogou

Gamelera no chão


--------------------------------------------------------------------------------


Gunga E Meu

Gunga é meu, gunga é meu

Gunga é meu, é meu, é meu

Gunga é meu, gunga é meu

Gunga é meu foi meu pai que meu deu

Gunga é meu, gunga é meu

O gunga é forte o esse gunga é meu

Gunga é meu, gunga é meu

Gunga é meu eu não dou a ninguem

Gunga é meu, gunga é meu


--------------------------------------------------------------------------------


Hê, hê, hê, hê

Hê, hê, hê, hê

Eu venci a batalha de Camujerê

Hê, hê, hê, hê

Eu venci a batalha não posso morrer

Hê, hê, hê, hê

Capoeira de Angola me ajudou a vencer

Hê, hê, hê, hê


--------------------------------------------------------------------------------


Iaiá ioiô

Quando meu Mestre se foi

Toda Bahia chorou

laiá ioiô

laiá ioiô

laiá ioiô


Menino com quem tu aprendeu

Menino com quem tu aprendeu

Aprendeu a jogar Capoeira, aprendeu

Quem me ensinou já morreu

Quem me ensinou já morreu

0 seu nome esta a gravado

Na terra onde ele nasceu

Salve o Mestre Bimba

Salve a Ilha de Maré

Salve o Mestre que me ensinou

A mandinga de bater com o pé

laiá Ioiô

laiá ioiô

laiá ioiô


Mandingueiro cheio de malevolência

Era ligeiro o meu mestre

Jogava conforme a cadencia

Do bater do berimbau

Salve o Mestre Bimba

Criador da Regional

Salve o Mestre Bimba

Criador da Regional

laiá Ioiô

laiá ioiô

laiá ioiô


Aprendeu Meia-lua aprendeu

Martelo e Rabo de Arraia

Jogava no pé da ladeira

Muitas vezes na beira da praia

Salve São Salvador Salve a Ilha de Maré

Salve o Mestre que me ensinou a mandinga

De bater com o pé

laiá ioiô

laiá ioiô

laiá ioiô


Quando meu Mestre se foi

Toda Bahia chorou

laiá Ioiô

laiá ioiô

laiá ioiô


--------------------------------------------------------------------------------


Imbirimba é pau é madeira

Madeira de Maçaranduba

Madeira de Jacaranda

Imbirimba é pau é madeira

Madeira pra tocar

Imbirimba é pau é madeira

Madeira pra tocar

Imbirimba é pau é madeira


--------------------------------------------------------------------------------


Jogo De Dentro, Jogo De Fora

Jogo de dentro, jogo de fora

Jogo bonito esse jogo de Angola

Jogo de dentro, jogo de fora

Jogo manhaso esse jogo de Angola

Jogo de dentro, jogo de fora

Jogo bonito, berimbau e viola

Jogo de dentro, jogo de fora

Jogo prá Deus e prá Nossa Senhora

Jogo de dentro, jogo de fora

Jogo bonito quero ver agora


--------------------------------------------------------------------------------


Láaa lauê lauê lauê lauá

Bem-te-vi vuô, vuô

Bem-te-vi vuô, vuô, deixa voar


Lá lauê lauê lauê lauá

Lá lauê lauê lauê lauá

Que som o que arte e essa de luta e brincadeira

Que roda maravilhosa e essa é o Capoeira Sul da Bahia

Em cada som em cada toque em cada ginga tem um estilo de jogo

Em cada som em cada toque em cada ginga tem um estilo de jogo

Lauê lauê lauá

Lá lauê lauê lauê lauá

Lá lauê lauê lauê lauá


--------------------------------------------------------------------------------


Lembra e, Lembra

Lembra ê, lembra

Lembra do barro vermelho

Lemba ê, o lemba

Lembra do vermelho barro

Lemba ê, o lemba


--------------------------------------------------------------------------------


Leva Morena me Leva

Leva Morena me leva, me leva pro seu bangalo

Oi me leva morena, me leva que hoje faz frio amanha faz calor

Leva Morena me leva, me leva pro seu bangalo

Oi me leva morena, me leva que sou capoeira ja disse que sou

Leva Morena me leva, me leva pro seu bangalo

Oi me leva morena, me leva me faz um denguinho me leva que eu vou

Leva Morena me leva, me leva pro seu bangalo

Oi me leva morena, me leva eu sou capoeira de Sao Salvador

Leva Morena me leva, me leva pro seu bangalo

Morena faceira danada, me leva pra baixo do seu cobertor

Leva Morena me leva, me leva pro seu bangalo

Oi me leva morena faceira eu sou capoeira me leva que eu vou

Leva Morena me leva, me leva pro seu bangalo


--------------------------------------------------------------------------------


Luanda E (version A)

Luanda ê ê ê! Meu boi

Luanda ê ê ê! Pará

Ô Teresa samba deitada

Ô Idalinha samba de pé

Ê lá no cais da Bahia

Não tem lelê não tem nada

Nao tem lele nem lala

Ô lae laila

Ô lelê

Ô lae laila

Ô lelê


--------------------------------------------------------------------------------


Luanda E (version B)

Luanda ê ê ê! Meu boi

Luanda ê ê ê! Pará

Lá no cais da Bahia

Não pode mais se passar

Na roda da capoeira

Não tem lelê, nem lalá

Oi lalá ê ê, la de lá

Ô lelê

Oi lalá ê ê, la de lá

Ô lelê


--------------------------------------------------------------------------------


Maculelê maracatu

êê quando o meu filho nascer

vou perguntar pra parteira

o que é que o meu filho vai ser

o meu filho vai sei capoeira

Capoeira Capo, maculelê, maracatu

não é caratê nem também kung-fu

Maculelê, Maracatueu

Eu fui na Bahia comer carurú

Maculelê, Maracatueu

comer carurú e fui comer angú

Maculelê, Maracatueu

--------------------------------------------------------------------------------


Manduca da Praia

Que barulho é esse é um tal de zum zum zum

Que barulho é esse é um tal de zum zum zum

Foi o Manduca da praia que acabou de matar um

Foi o Manduca da praia que acabou de matar um

Quando a policia chegou foi um tal de auê auê

Quando a policia chegou foi um tal de auê auê

Vamos embora seu moço que essa briga é pra vale

Vamos embora seu moço que essa briga é pra vale


--------------------------------------------------------------------------------


Marinheiro Sou

Eu nao sou daqui

Marinheiro sou

Eu nao tenho amor

Marinheiro sou

Eu sou da Bahia

Marinheiro sou

De Sao Salvador

Marinheiro sou

O Marinheiro marinheiro

Marinheiro sou

Quem te ensinou a nadar

Marinheiro sou

Ou foi tombo do navio

Marinheiro sou

Ou foi balanco do mar

Marinheiro sou

La vem, la vem

Marinheiro sou

Ele vem faceiro

Marinheiro sou

Todo de branco

Marinheiro sou

Com seu bonezinho

Marinheiro sou


--------------------------------------------------------------------------------


Moleque e tu

Oi, e tu que e Moleque

Moleque e tu

Moleque te pego

Moleque e tu

eh, me chamou de Moleque

Moleque e tu

--------------------------------------------------------------------------------


Miudinho cuidado, esse jogo de Angola é mandiga

Miudinho cuidado, esse jogo de Angola é mandiga

Esse jogo de Angola é mandiga, esse jogo de Angola é mandiga

Miudinho cuidado, essejogo de Angola é mandiga.


--------------------------------------------------------------------------------


Na Angola, na Angola, tudo é diferente na Angola

Na Angola, na Angola, tudo é diferente na Angola

Tudo é diferente n’Angola, tudo é diferente n’Angola

Na Angola, na Angola, tudo é diferente na Angola


--------------------------------------------------------------------------------


Na volta que o mundo deu, Na volta que o munda da

Na volta que o mundo deu Na volta que o mundo da

Quem viaja pelo mundo

Tem historias pra contar

Na volta que o mundo deu Na volta que o mundo da

Fui aluno de Besouro

Besouro cordao de ouro

Besouro de Manganga

Na volta que o mundo deu Na volta que o mundo da

Ja jogou com seu Pastinha

E tambem com Parana

Na volta que o mundo deu Na volta que o mundo da

Quem nao pode com mandinga

Nao carrega Patua

Na volta que o mundo deu Na volta que o mundo da

Quem nao pode nao intima

Deixa quem pode intima

Na volta que o mundo deu Na volta que o mundo da


--------------------------------------------------------------------------------


Nem tudo que reluz é ouro

Nem tudo que reluz é ouro

Nem tudo que balança cai

Nem tudo que reluz é ouro

Nem tudo que balança cai

Cai cai cai cai

Capoeira balança mas não cai

Cai cai cai cai

Batuqueiro balança mas não cai

Cai cai cai cai

Foi você quem me disse

que filho de Bimba não cai

Foi você quem me disse

que filho de Bimba não cai

Cai cai cai cai

Capoeira balança mas não cai

Cai cai cai cai

Batuqueiro balança mas não cai

Cai cai cai cai


--------------------------------------------------------------------------------


Nhem, Nhem, Nhem

Chora menino

Nhem, nhem, nhem

O menino chorou

Nhem, nhem, nhem

Cala a boca menino

Nhem, nhem, nhem

Mais porque ta chorando

Nhem, nhem, nhem

Chora menino

Nhem, nhem, nhem

E o menino chorou

Nhem, nhem, nhem


--------------------------------------------------------------------------------


O meu mano

E meu mano , o que foi que tu viu la

Eu vi capoeira matando, tambem vi maculele

...Capoeira

E jogo praticado na terra de Sao Salvador

...Capoeira

E jogo praticado na terra de Sao Salvador


Eu sou discipulo quem aprende , sou mestre que da licao

Na roda de capoeira , nunca dei meu golpe enviao

...Capoeira

E jogo praticado na terra de Sao Salvador

...Capoeira

E jogo praticado na terra de Sao Salvador


Emanuel dos Reis machado , ele e phenomenal

Ele e o mestre Bimba criador da Regional

...Capoeira

E jogo praticado na terra de Sao Salvador


...Capoeira

E jogo praticado na terra de Sao Salvador


Capoeira e luta nossa , da era colonial

Nasceu foi na Bahia , Angola e Regional

...Capoeira

E jogo praticado na terra de Sao Salvador

...Capoeira

E jogo praticado na terra de Sao Salvador


Tem dia que eu amanheco , da nada com a minhi vida

Planto cana discascado , tres dias ja ta nascida

...Capoeira

E jogo praticado na terra de Sao Salvador

...Capoeira

E jogo praticado na terra de Sao Salvador


--------------------------------------------------------------------------------


O Pau Rolou Caiu

O pau rolou caiu

La na mata ninguem viu

O pau rolou caiu

Capoeira ja fugiu

O pau rolou caiu


--------------------------------------------------------------------------------


Olha Negro Sinha

Olha lá o negro

Olha o negro sinhá

Mas que nego danado

Olha o negro sinhá

Oi me pega esse nego

Olha o negro sinhá

E derruba no chão

Olha o negro sinhá

Esse nego è valente

Olha o negro sinhá

Esse nego è um cão

Olha o negro sinhá

Mas castiga esse nego

Olha o negro sinhá

Mas conforme a razão

Olha o negro sinhá

Esse nego è ligeiro

Olha o negro sinhá

Esse nego è limão

Olha o negro sinhá

Esse nego è safado

Olha o negro sinhá

Esse nego è cão

Olha o negro sinhá


--------------------------------------------------------------------------------


Oi ligeiro

Oi ligeiro, oi ligeiro

Paraná

Eu também sou ligeiro

Paraná

Oi ligeiro, oi ligeiro

Paraná

O Vulcão é ligeiro

Paraná

Oi ligeiro, oi ligeiro

Paraná

Eu também sou ligeiro

Paraná


--------------------------------------------------------------------------------


Oi me da meu dinheiro

Oi me dá meu dinheiro

Oi me dá meu dinheiro valentão

Me dá meu dinheiro valentão

Oi que no meu dinheiro

Ninguém põe a mão

Oi me dá meu dinheiro

Oi me dá meu dinheiro valentão

Eh me dá meu dinheiro valentão

Que no meu dinheiro ninguém põe a mão

Oi me dá meu dinheiro

Oi me dá meu dinheiro valentão

Que eu dou uma rasteira

Te ponho no chão

Oi me dá meu dinheiro

Oi me dá meu dinheiro valentão


--------------------------------------------------------------------------------


Oi Nega Que Vende Ai

Oi nega que vende aí

Que vende aí, o que vende aí

Oi nega que vende aí

Vende arroz e camarão

Oi nega que vende aí

Vende arroz do maranhão

Oi nega que vende aí


--------------------------------------------------------------------------------


Oi Sim Sim Sim, oi Nao Nao Nao

Oi sim sim sim

Oi não não não

Mas hoje tem amanhã não

Mas hoje tem amanhã não

Oi sim sim sim

Oi não não não

Mas hoje tem amanhã não

Olha a pisada de lampião

Oi sim sim sim

Oi não não não

Oia a pisada de lampião

Oia a pisada de lampião

Oi sim sim sim

Oi não não não


--------------------------------------------------------------------------------


Oi, zum zum zum

Oi, zum, zum, zum

Acabaram com o samba

e ainda mataram um

Oi, zum, zum, zum

Acabaram com o samba

e ainda mataram um


--------------------------------------------------------------------------------


Oi Zum Zum Zum e gafanhoto

Oi, Zum, Zum Zum, é gafanhoto

Bota mandinga no jogo garoto

Oi, Zum, Zum Zum, é gafanhoto


--------------------------------------------------------------------------------


Onde vai Caiman

Onde vai caiman

Caiman, caiman

Onde vai caiman

Vai para ilha de Maré

Onde vai caiman


--------------------------------------------------------------------------------


Para roda Capoeira

Para roda Capoeira, para vai ter que parar

Eu não para roda Capoeira

que cavalaria acabou de chegar

Para roda Capoeira, para vai ter que parar

Eu não para roda Capoeira

Os homens tão armado, ele vai te matar

Para roda Capoeira, para vai ter que parar

Eu não para dejeito nenhum

sou filho de Ogum e de pai Oxalá

Para roda Capoeira, para vai ter que parar

Eu não para sou cabra ligeiro

nasci mandingeiro, dou salto mortal

Para roda Capoeira, para vai ter que parar

Eu não para repito de novo

esse jogo de povo é vai continuar

Para roda Capoeira, para vai ter que parar


--------------------------------------------------------------------------------


Parana E

Vou dizer pra minha mulher,Paraná

Capoeira me venceu, Paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Ela que bateu o pé firme, Paraná

Isso não acontecer, Paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

É de vera que o morro, Paraná

Se mundou para a cidade, Paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Tem batuque todo dia, Paraná

Mulata de qualidade, Paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Minha mae e mulher velha, Parana

Fecha porta e dorme cedo, Parana

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

A mulher para ser bonita, Parana

Nao precisa se pintar, Parana

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

A pintura e do Diablo, Parana

A beleza e Deus quem da, Parana

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Vou me embora, vou me embora- Paraná

Como eu já disse que vou- Paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Eu aqui não sou querido- Paraná

Mas na minha terra eu sou- Paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Eu sou braço de maré- Paraná

mas eu sou o mar sem fim

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Do nó escondo a ponta- Paraná

ninguém sabe desatar- Paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Eu aqui não sou feliz, paraná

Mas na minha terra eu sou, paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Vou embora pra Bahia, paraná

Porque lá é meu lugar, paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Tem a festa do Bomfim, paraná

E o Mercado Popular, paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Lá no céu tem tres estrelas, paraná

Todas tres de carrerinha, paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Uma é minha a outra é tua, paraná

E a outra vai sozinha, paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

A mulher pra ser bonita, paraná

Não precisa se pintar, paraná

Paraná ê, Paraná ê, Paraná

A mulher do paraiba, paraná

Teve tres paraibinhas, paraná


--------------------------------------------------------------------------------


Pelo sinal

Marimbondo marimbondo

Pelo sinal

Marimbondo me mordeu

Pelo sinal

Oi me mordeu foi no umbigo

Pelo sinal

Mas se fosse mais prá baixo

Pelo sinal

O mundo estava perdido

Pelo sinal

Marimbondo que è danado

Pelo sinal

Marimbondo è venenoso

Pelo sinal


--------------------------------------------------------------------------------


Pisa Caboclo

Pisa caboclo quero ver você pisar

Pisa lá que eu piso cá

Quero ver você pisar

Pisa caboclo quero ver você pisar

Na batido do meu gunga

Quero ver você pisar

Pisa caboclo quero ver você pisar

Pisa lá que eu piso cá

Quero ver você pisar

Pisa caboclo quero ver você pisar


--------------------------------------------------------------------------------


Pomba voou, pomba voou

Pomba voou, pomba voou

pomba voou, gaviao pegou

Pomba voou, pomba voou

pomba voou, gaviao pegou


vou me embora desta terra

que querido aqui nao sou

Pomba voou, pomba voou

pomba voou, gaviao pegou


se querido aqui nao sou

vou pra onde eu sou

Pomba voou, pomba voou

pomba voou, gaviao pegou



--------------------------------------------------------------------------------


Por favor não maltrate esse nego

Por favor não maltrate esse nego

Esse nego foi quem me ensinou

Esse nego da calça rasgada, camisa furada

Ele é meu professor

Por favor não maltrate esse nego

Esse nego foi quem me ensinou

Esse nego da calça rasgada, camisa furada

Ele é meu professor



Capoeira Songs (Q Thru Z)


--------------------------------------------------------------------------------


Quem é você

Quem é você , ô que vem de lá

Quem é você , ô que vem de lá


Eu vim da Bahia , vim me apresentar

Eu vim da Bahia , vim me apresentar


um arame , é um chucalho , uma moeda e um pedaço de pau

meu berimbau toca é assim meu berimbau toca é assim

s’tin,dim,dim dim,dim,dim,dom meu berimbau toca é assim

s’tin,dim,dim dim,dim,dim,dom meu berimbau toca é assim


--------------------------------------------------------------------------------


Quem vem la

Quem vem la - sou eu

Quem vem la - sou eu

Berimbau bateu

Capoeira sou eu


Quem vem la - sou eu

Quem vem la - sou eu

Berimbau mais eu

Capoeira sou eu


Eu venho de longue

Venho da Bahia

Jogue Capoeira

Capoeira sou eu


Mais sou eu, sou eu - Quem vem la

Eu sou brevenuto - Quem vem la

Montado a cavalo - Quem vem la

Fumando a charuto - Quem vem la

Mais sou eu, sou eu - Quem vem la...


--------------------------------------------------------------------------------


Saio do Mar, Marinheiro

Saio do mar, saio do mar marinheiro

O iaia saia do mar marinheiro

O iaia saia do mar estrangeiro

Saio do mar, saio do mar marinheiro


--------------------------------------------------------------------------------


Sai Sai Catarina

Sai sai Catarina

Saia do mar venha ver Idalina

Sai sai Catarina

Saia do mar venha ver venha ver

Sai sai Catarina

Oh Catarina, meu amor

Sai sai Catarina

Saia do mar, saia do mar

Sai sai Catarina

Oh Catarina venha ver

Sai sai Catarina


--------------------------------------------------------------------------------


Salomé Salomé

Salome Salome

Homem Pequeno é ladrão de mulher

Salome Salome

Mestre pequeno è ladrão de mulher

Salome Salome


--------------------------------------------------------------------------------


Samba Moleque

São José cadê o recado

Que São Pedro mandou você me dá

Recado é esse...meu amigo

O que São Jorge mandou pagar

Dois berimbaus e um atabaque

Para a roda que vai ter lá

Samba de roda, Maculelê e Capoeira

Por favor não faça asneira

Para a roda começar

Samba samba, samba Capoeira

Samba samba, samba camará

Samba menino, mostra que você é bamba

Dentro da roda de samba o Capoeira vai sambar

Samba samba, samba Capoeira

Samba samba, samba camará

Samba menino, mostra que você é bamba

Mostra que o corpo balança, sem sequer escorregar

Samba samba, samba Capoeira

Samba samba, samba camará


--------------------------------------------------------------------------------


Santa Barbara que relampue

0 Santa Bárbara que relampuê, 0 Santa Bárbara que relampuá

0 Santa Bárbara que relampuê

Que relampuê, que relampuá

0 Santa Bárbara que relampuê


--------------------------------------------------------------------------------


Santa Maria Mae de Deus

Santa Maria Mãe de Deus

Chegei na igreja me confessei

Santa Maria Mãe de Deus

Chegei na igreja me confessei

Santa Maria Mãe de Deus


--------------------------------------------------------------------------------


Santo Antônio é protetor

Santo Antônio é protetor

Da barquinha de Noel

Santo Antônio é protetor

Cariri boca da areia

Santo Antônio é protetor

Nazaré Paranaguá

Santo Antônio é protetor


--------------------------------------------------------------------------------


So angoleiro que veio de Angola

Sô angoleiro que veio de Angola

Jogo com Deus e com Nossa Senhora

Sô angoleiro que veio de Angola

Oi de Angola, de Angola, de Angola

Sô angoleiro que veio de Angola

Toco o atabaque, o berimbau e a viola

Sô angoleiro que veio de Angola

Jogo com você a qualquer hora

Sô angoleiro que veio de Angola


--------------------------------------------------------------------------------


Solta a mandinga

Solta a mandinga ê

Solta a mandinga a

Solta a mandinga ê, Capoeira

Solta a mandinga a

Solta a mandinga ê

Solta a mandinga a

Solta a mandinga ê, Capoeira

Solta a mandinga a

Solta a mandinga ê

Solta a mandinga a

Solta a mandinga ê, Mestre Bimba

Solta a mandinga a

Solta a mandinga ê

Solta a mandinga a

Solta a mandinga ê, Mestre Bimba

Solta a mandinga a


--------------------------------------------------------------------------------


Sou Capoeira

Sou capoeira olha eu sei que sou

Eu vim aqui foi para jogar

Faço bonito só porque tenho talento

E solto meus movimentos com a voz no coração


Que amor é esse que trago no coração

Uma alegria e uma vontadade de ficar

São Bento Grande, Iuna e Cavalaria

Quando toca me arrepia hoje é dia de jogar


E o cantador solta a voz pro povo ouvir

Berimbau viola arma a roda e solta o som

A meia lua é ligeira e corta o vento

Capoeira joga dentro como o mestre me ensinou


Sou capoeira olha eu sei que sou

Eu vim aqui foi para jogar

Faço bonito só porque tenho talento

E solto meus movimentos com a voz no coração


Sou capoeira olha eu sei que sou

Eu vim aqui foi para jogar

Faço bonito só porque tenho talento

E solto meus movimentos com a voz no coração


E o capoeira é astuto e é velhaco

É inimigo do perigo e confusão

Mas ele sabe o valor de uma vida

Por isso corre de briga e quer mais é vadiar



--------------------------------------------------------------------------------


Sou Capoeira e pego na viola

Sou Capoeira e pego na viola

Sou Capoeira e pego na viola

Se essa roda ficar boa não vai terminar agora

Se essa roda ficar boa não vai terminar agora

Não vai terminar agora

Não vai terminar agora

Não vai terminar agora

Não vai terminar agora

Não vai terminar agora

Não vai terminar agora

Toquei berimbau e cantei prá iaiá

Toquei berimbau e cantei prá iaiá

Na roda de Capoeira, quero ver gunga falar

Na roda de Capoeira, quero ver gunga falar

Quero ver gunga falar

Quero ver gunga falar

Quero ver gunga falar

Quero ver gunga falar

Quero ver gunga falar

Quero ver gunga falar


--------------------------------------------------------------------------------


Tabareu que vem do sertao

Tabareu que vem do sertão

Vendendo quiabo,maxixi e limão

Tabareu que vem do sertão

Que vemdo sertão tabareu meu irmão

Tabareu que vem do sertão


--------------------------------------------------------------------------------


Tamandua

Tamanduá, como vai coroa

Tamanduá, como vai coroa

Tamanduá, como vai coroa

Ohla Tamanduá

Como vai coroa

Ohla Tamanduá

Como vai coroa


--------------------------------------------------------------------------------


Tava lá na beira do Mar

Tava lá na beira do Mar, quando Curio chegou

Tava lá na beira do Mar, quando Curio chegou

Com o pandeiro e atabaque, berimbau e agogô

Com o pandeiro e atabaque, berimbau e agogô

Vai jogar, vai jogar, Capoeira na beira do mar

Vai jogar, vai jogar, Capoeira na beira do mar


--------------------------------------------------------------------------------


Tem Dende, Tem Dende

Tem dendê, tem dendê

No jogo de Angola tem dendê

Tem dendê, tem dendê

No jogo de baixo tem dendê


--------------------------------------------------------------------------------


Tim, Tim, Tim Aruande

Aruanda, Aruanda, Aruande

Tim, Tim, Tim Aruande

Aruanda, Aruanda, Aruande

Tim, Tim, Tim Aruande

Aruanda, Aruanda e mandigueiro

Tim, Tim, Tim Aruande

Aruanda, Aruanda e Macunge

Tim, Tim, Tim Aruande


--------------------------------------------------------------------------------


Tim Tim La Vai Viola

Tim Tim Tim la vai Viola

O viola meu bem viola

Tim Tim Tim la vai Viola

O le le le ,la vai viola

Tim Tim Tim la vai Viola

Jogo de Dentro Joga de Flora

Tim Tim Tim la vai Viola

Joga Bonita e Jogo de Angola


--------------------------------------------------------------------------------


Toca Berimbau, Toca Berimbau, Tocador

Toca Berimbau, toca berimbau, tocador

Toca Berimbau, tocador, joga Capoeira, jogador

Toca Berimbau, toca berimbau, tocador


--------------------------------------------------------------------------------


Um pouquinho de dendê

Eu vim aqui buscar

um pouquinho de dendê

Eu vim aqui buscar

um pouquinho de dendê

Prá passar do berimbau

um pouquinho de dendê

Prá passar do berimbau

um pouquinho de dendê

Prá passar do atabaque

um pouquinho de dendê

Prá passar do atabaque

um pouquinho de dendê

Prá passar do agogô

um pouquinho de dendê

Prá passar do agogô

um pouquinho de dendê


--------------------------------------------------------------------------------


Uma Volta So

O yaya mandou dá

Uma volta só

O que volta danada

Uma volta só

O me leva, O me volta

Uma volta só

O que volta danada

Uma volta só

O yaya mandou dá

Uma volta só


--------------------------------------------------------------------------------


Valha-me Deus, Senhor São Bento

Valha-me Deus, Senhor São Bento

Eu vou cantar meu Barravento

Valha-me Deus, Senhor São Bento

Buraco velho tem cobra dentro

Valha-me Deus, Senhor São Bento

Eu vinha vindo pela estrada

Valha-me Deus, Senhor São Bento

Quando uma cobra apareceu

Valha-me Deus, Senhor São Bento

Eu cantei São Bento Grande

Valha-me Deus, Senhor São Bento

A cobra não me mordeu

Valha-me Deus, Senhor São Bento

Eu vou levar meu Barravento

Valha-me Deus, Senhor São Bento


--------------------------------------------------------------------------------


Vamos jogar Capoeira

Se voce nao tem nada pra fazer

venha que eu vou lhe mostrar

vamos jogar capoeira no mercado popular

vamos jogar capoeira, olele

vamos jogar capoeira, olala

vamos jogar capoeira no mercado popular

vamos jogar capoeira, olele

vamos jogar capoeira, olala

vamos jogar capoeira no mercado popular


Vamos jogar Capoeira, Vamos Tocar Berimbau

 

Vamos jogar Capoeira, vamos tocar berimbau

Foi o meu mestre quem disse se não jogar limpo vai entrar entrar no pau

Vamos jogar Capoeira, vamos tocar berimabu

Vamos jogar Capoeira pode ser Angola e também Regional

Vamos jogar Capoeira, vamos tocar berimabu

Vamos jogar Capoeira, tocar atabaque e também berimbau





Veja Veja

Veja’ veja’ veja’ veja’

Ai, ai, ai , ai, ai

La em baixo tem uma lagoa

Ai, ai, ai , ai, ai

La’ no alto com uma vista boa

Ai, ai, ai , ai, ai

La’ em baixo tem um mar para nadar

La’ em cima tem uma rua para passear

Ai, ai, ai , ai, ai


--------------------------------------------------------------------------------


Vem Jogar Mais Eu

Vem jogar mais eu, vem jogar mais eu, meu irmão

Vem jogar mais eu, meu irmão, vem jogar mais eu,irmão meu

Vem jogar mais eu, vem jogar mais eu,meu irmão

Vem jogar mais eu, mano meu, vem jogar mais eu, minha irmã


--------------------------------------------------------------------------------


Vim lá da Bahia pra lhe ver

Vim lá da Bahia pra lhe ver, Vim lá da Bahia pra lhe ver

Vim lá da Bahia pra lhe ver, pra lhe ver, pra lhe ver, pra lhe ver, pra lhe ver

Vim lá da Bahia pra lhe ver, Vim lá da Bahia pra lhe ver

Vim lá da Bahia pra lhe ver, pra lhe ver, pra lhe ver, pra lhe ver, pra lhe ver

Pra lhe ver, Pra lhe ver, Pra lhe ver, Pra lhe ver, Pra lhe ver

Pra lhe ver, Pra lhe ver, Pra lhe ver, Pra lhe ver, Pra lhe ver


--------------------------------------------------------------------------------


Vou Dizer a meu Senhor

Vou dizer a meu senhor

Que a manteiga derramou

Vou dizer a meu Senhor

Que a manteiga derramou

A manteiga não é minha

A manteiga é para filha de Ioio

Vou dizer a meu Senhor

Que a manteiga derramou

Oi a manteiga do patrão

Caiu no chão e derramou

Vou dizer a meu Senhor

Que a manteiga derramou


--------------------------------------------------------------------------------


Vou-me embora pra Angola

Vou-me embora, vou-me embora, vou-me embora pra Angola

Vou-me embora, vou-me embora, vou-me embora pra Angola

Berimbau tá me chamando, vamos logo e vadiar


--------------------------------------------------------------------------------


Xo Xo Meu Canario

Xô xô meu canário

Meu canário é cantador

Xô xô meu canário

Bateu asa e avoou,

Xô xô meu canário

Nunca mais aqui voltou

Xô xô meu canário

Canarinho de Alemanha

Xô xô meu canário

Preto velho também apanha

Xô xô meu canário

Meu canário é cantador


--------------------------------------------------------------------------------


Zum zum zum Besouro Mangangá

Zum zum zum Besouro Mangangá

Bateu na Policia de soldado a general

Zum zum zum Besouro Mangangá

Entrava na roda e não parava de jogar

Zum zum zum Besouro Mangangá


--------------------------------------------------------------------------------


Zum, Zum Zum, Capoeira Mata Um

Zum , zum , zum , capoeira mata um

Zum , zum , zum , capoeira mata um


Agora eu vou falar , quem quiser pode ouvir

Quem quiser diga não , quem quiser diga que sim

Agradeco a escravidao , quem quiser que ache asneira

Se não fosse o escravo , não existia a capoeira , zum zum zum


Zum , zum , zum , capoeira mata um

Zum , zum , zum , capoeira mata um

O filho do meu patrao , ia para a escola estudar

e a caneta do escavo , era o carnaviar , zum zum zum


Zum , zum , zum , capoeira mata um

Zum , zum , zum , capoeira mata um

Cuidado com o preto velho , ele pode machucar

No tempo da escravidao, ja jogava o pe pro ar, zum zum zum


Zum , zum , zum , capoeira mata um

Zum , zum , zum , capoeira mata um